SP – Mocidade Camisa Verde e Branco já tem samba para tentar voltar ao grupo especial de São Paulo em 2021

0
359

 

Nove vezes campeã do carnaval de São Paulo, a Mocidade Camisa Verde e Branco, fundada em 1953, esteve no grupo de elite das escolas de samba paulistas por último no carnaval de 2012, estando desde lá desfilando no grupo de acesso 1, realizando desfiles com o objetivo de voltar ao grupo principal das agremiações paulistas.

De 2013 até 2020 a agremiação teve como melhor colocação dois terceiros lugares nos carnavais de 2014 e 2015, quando a escola apresentou os enredos “O Quilombo da Barra Funda está em festa! Camisa Verde e Branco celebra seus 100 anos de histórias, lutas e glórias!” e “Eu acredito em previsões, e você?”, ambos enredos do carnavalesco Anselmo Brito, profissional que esteve na escola de 2012 à 2016.

Camisa Verde e Branco – Carnaval Paulista de 2014

No último carnaval a escola sediada na Barra Funda sob o comando do carnavalesco Cláudio Cavalcante, o popular Cebola, apresentou no Anhembi o enredo “Ajayö, Carlinhos Brown candomblés, tambores e batuques ancestrais”, tendo ao final da apuração ficado com o quinto lugar, dentre as escolas que desfilaram no grupo de acesso 1 de São Paulo.

Camisa Verde e Branco – Carnaval Paulista de 2020

Para seu próximo desfile na passarela do Anhembi a agremiação desta vez trará o enredo “Rezadeiras. Na fé do Trevo te benzo! Na fé do Trevo de curo!” da dupla de carnavalescos Leno Vidal e Renan Ribeiro.

Camisa Verde e Branco – Logo Carnaval 2021

Com vistas a  ser o samba que irá embalar este próximo desfile da escola, dezesseis parcerias de compositores inscreveram-se no festival da agremiação, cujas eliminatórias aconteceram de forma virtual e finalmente neste domingo, 30 de agosto, aconteceu a grande final, com a participação de três composições finalistas, através de uma live promovida pela escola da Barra Funda.

A parceria anunciada como grande campeã foi a formada pelos compositores Nikinha, Sandro Simões, Gustavo Santos, Xuxo do Cavaco, Rodrigo Correia, Pablo do Cavaco, Ricardo Diegues, Zé Robertto e Toninho 44

LETRA DO SAMBA:

VAI NA FÉ BARRA FUNDA
MEU TREVO TE BENZE E VAI ABENÇOAR
NO TAMBOR DA FURIOSA EU VOU SAMBAR NO PÉ
AXÉ MEU CAMISA AXÉ

A FORÇA DA MATA ENCANTOU JUREMA
SOB O CLARÃO DA LUA
DIVINA MANIFESTAÇÃO DE FÉ
O SABER DE UM PAJÉ…CLAREIA
PELAS BÊNÇÃOS DA MULHER
É CURA PRA QUEM SEMEIA
O GIRO DA SUA SAIA
EVOCA TRAZ PROTEÇÃO
PRA ALMA, PAZ, CALMARIA
NO PODER DA ORAÇÃO
REZADEIRA… DIVINO DOM DE IYA
SAGRADO TERÇO NAS MÃOS É LUZ PRA GUIAR

ABRE OS CAMINHOS PARA O MAL SE AFASTAR

FEITIÇO DE KATENDE
FUNDAMENTO DA FLORESTA
ARRUDA E GUINÉ…AROEIRA
CHEIRO DE MATO ERVA DE BENZER
CURANDEIRA

Ô CURIMBÁ CURIMBÁ SARAVÁ

FIRMA O PONTO NO TERREIRO
TEM FUMAÇA NO CONGÁ
SANTOS E VELAS ENFEITAM UM LINDO ALTAR
PARA BENZER MEU PATUÁ
PARTEIRA…SUBLIME É TUA MISSÃO
MANGUEIRA ABENÇOOU MEU PAVILHÃO
ASSIM COMO ABENÇOEI TODOS QUE BATIZEI
EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO AMÉM

 

Esse enredo da Camisa Verde e Branco tem alguma similaridade com o enredo apresentado pela Renascer de Jacarepaguá, no carnaval carioca de 2020, quando a agremiação apresentou o enredo “Eu Que Te Benzo, Deus Que Te Cura” dos carnavalescos  Ney Junior e Cristiano Plácido.

Renascer de Jacarepaguá – Logo Carnaval 2020

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui