SP – Imperador do Ipiranga festeja seus 52 anos de fundação com live

0
89

 

Completando 52 anos de fundação nesse 27 de setembro, a Imperador do Ipiranga, tem quatro títulos desfilando no grupo de acesso do carnaval paulista.

O nome da escola é uma homenagem ao Imperador Dom Pedro I, que forme os relatos históricos declarou a independência do nosso país de Portugal na localidade onde atualmente fica o bairro do Ipiranga, onde a agremiação tem instalada a sua sede.

Desde o carnaval de 2019 a agremiação paulista desfila no grupo de acesso 2 da folia de São Paulo, sempre com a firme intenção de voltar ao grupo de elite das escolas de samba paulistas.

Imperador do Ipiranga – Carnaval de 2019

Um vice-campeonato no grupo de acesso no carnaval de 1978, levou a Imperador do Ipiranga a desfilar no grupo principal da folia de São Paulo no carnaval de 1979, tendo a escola permanecido no grupo principal até o carnaval do ano de 1983, em cujo carnaval o nono lugar alcançado devolveu a escola o grupo de acesso para 1984, quando de novo foi campeã no acesso, com o enredo “Sapucaia Roca-Cidade Encantada”, voltando por isso ao grupo especial de 1985 a 1988.

Do carnaval de 1989 a 1992 a agremiação desfilou no grupo de acesso, tendo alcançado o topo do pódio novamente em 1992 com a apresentação do enredo “Tia Ciata” do carnavalesco Dirceu Zungalo.

Em seu desfile de 1993, realizado no grupo especial paulista, apresentou o enredo “Assombrações em Noite de Gala”, mas o desfile não foi suficiente para manter a escola no grupo principal.

Desde o carnaval de 1994 até a edição de 2009 a escola desfilou por nove vezes no grupo de acesso paulista e sete vezes no grupo principal das agremiações paulistas, com destaque para os desfiles de 1994, 1998, 2003 e 2009 quando foi vice-campeã do acesso e 2006 quando alcançou o primeiro lugar do grupo de acesso com o enredo “O sertão não virou mar, virou pomar” do carnavalesco da carnavalesca Vaniria Nejelschi.

No carnaval de 2009 com o enredo “A comunidade na fé em São Jorge Guerreiro contra os Dragões da Maldade” de Anselmo Brito a escola apresentou a atriz Adriana Lessa como sua madrinha de bateria, tendo Adriana ocupado este posto até o carnaval de 2011.

O carnaval de 2010 marcou a última vez em que a agremiação, sediada na Vila Carioca, distrito do Ipiranga, desfilou entre as grandes escolas da capital paulista, tendo naquela oportunidade apresentado o enredo “Da Antiguidade a Tecnologia: Medicina, A Nobre Arte de Salvar Vidas”, desfile este desenvolvido pelo carnavalesco Anselmo Brito, tendo naquele ano ficado apenas com a décima terceira colocação, o que lhe fez voltar ao grupo de acesso no carnaval seguinte.

Desde o carnaval de 2011, a melhor colocação obtida pela escola foi um quarto lugar já em 2011, com o enredo “Na arte e na fantasia, no esplendor de um “Bal Masqué”, só quem é Arlequim, Pierrô e Colombina saberá entender” de Marcello Portela como carnavalesco. As demais colocações desde este carnaval não foram suficientes para devolver a escola ao grupo de elite das agremiações carnavalescas de São Paulo.

Imperador do Ipiranga – Carnaval de 2019

Par seu desfile de 2017 a escola optou por uma reedição do enredo “Ipiranga, Berço Esplêndido de um Povo Heróico”. Esse  tema originalmente foi apresentado em 2004, pelo carnavalesco André Machado. Para 2017, Mauro Xuxa foi quem assinou a história que fala sobre um dos bairro mais tradicionais de São Paulo.

Imperador do Ipiranga – Carnaval de 2017

No carnaval passado a escola apresentou o enredo “MAKEDA – A saga da rainha de Sabá e o trono dos dois mundos” do carnavalesco Willian Pereira, tendo ficado a escola com a oitava colocação.

Frente o momento pelo qual estamos passando, na quadra da Imperador do Ipiranga estão sendo realizadas uma série de ações sociais com foco na população mais vulnerável nesta época de pandemia.

Para 2021 a agremiação ainda não divulgou enredo que deverá ser apresentado pela escola na passarela do Anhembi.

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui