SP – Camila Prins, a poderosa Madrinha de Bateria Trans do Colorado do Brás

0
772
Foto Marcelo Messina

Primeira Rainha de Bateria Trans a desfilar em uma escola paulista, na Camisa Verde e Branco em 2019, Camila Prins vai ser Madrinha da Bateria da Colorado do Bras em 2020.

Camila não é nenhuma novata no carnaval. Ela já desfilou nas escolas Unidos do Peruche, Tom Maior, Pérola Negra, Mocidade Alegre, Leandro de Itaquera, Nenê da Vila Matilde, Acadêmicos do Tatuapé, Acadêmicos do Tucuruvi, X-9 Paulistana, Águia de Ouro e Camisa Verde e Branco.

Segundo ela, seu processo de transição de gênero começou entre os 5 e 6 anos de idade e é casada com o químico suíço Sylvain Piguet, de 45 anos. Eles estão juntos há 19 anos.

Para a musa, ser madrinha de bateria em um país que lidera o ranking de violência contra pessoas trans é uma grande responsabilidade, um sonho realizado e uma vitória.

Em 2020, a Colorado do Brás vai levar para a avenida o enredo: “Que Rei Sou Eu?”, que fala sobre a história de Dom Sebastião. O carnavalesco Leonardo Catta Preta assina o desfile pelo quarto ano na escola. Muriel Quixaba e a filha Izabelly Quixaba seguem à frente da bateria e Yasmim Lagatta desfila como princesa da escola.

Por Redação

Foto João Belli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui