Severo Luzardo

0
346

 

Severo Luzardo Filho ou simplesmente Severo Luzardo é um dos carnavalescos mais atuantes na atualidade, não só no Rio de Janeiro, onde mora atualmente, mas também no sul do país, mais especificamente na sua cidade natal, Uruguaiana, onde nasceu no ano de 1962.

Severo Luzardo

O pai e a mãe de Severo tinham fortes laços com a escola “Os Rouxinóis”, tendo o pai sido Presidente da agremiação e a mãe carnavalesca da escola de samba de Uruguaiana.

Para 2021 Severo Luzardo está anunciado como carnavalesco da União da Ilha do Governador, que depois do carnaval passado, acabou rebaixada para o grupo de acesso A do carnaval carioca. Severo deverá desenvolver o desfile da Ilha dividindo esse trabalho com o também carnavalesco Cahê Rodrigues e um grupo de pessoas que já participou do desenvolvimento do desfile da escola insulana no carnaval de 2020.

Fora do carnaval Severo dedica-se a atividade de figurinista, com atuação em várias novelas e filmes nacionais.

Com apenas 14 anos de idade. Severo mudou-se para a cidade de Porto Alegre, onde frequentou as faculdades de Arquitetura e Urbanismo na Ritter dos Reis, faculdade de Publicidade e Propaganda na pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e ainda graduou-se em Artes Plásticas no Atelier Livre da Prefeitura.

O carnaval de 1978 marca o primeiro carnaval de Severo profissionalmente como carnavalesco de uma escola de samba, tendo essa estreia acontecido na “Os Rouxinóis”, onde esteve com exclusividade até o carnaval de 1983, tendo sido campeão com a escola em todos estes carnavais.

Os Rouxinóis – Uruguaiana/RS

Em 1987 atuou na “Cova da Onça”, outra agremiação também de sua cidade natal, onde também obteve o primeiro lugar.

Saindo da Cova da Onça, retornou a agremiação “Os Rouxinóis” nos carnavais de 1989, 1998 e 1999 de forma exclusiva.

No carnaval de 2000 estreou como carnavalesco da tradicional Academia do Samba Praiana, escola de samba sediada na capital dos gaúchos, fundada por um grupo de pelotenses que foram morar em Porto Alegre e que possui as tradicionais cores verde e rosa.

Academia de Samba Praiana

Severo esteve na Praiana por três carnavais, anos estes onde dividiu seu trabalho de carnavalesco com a escola “Os Rouxinóis”, sediada em Uruguaiana. Já no primeiro ano Severo levou a Praiana ao topo do pódio, na época no grupo intermediário A.

Foi admitido na TV Globo em 2002, ficando responsável pela criação de figurinos para novelas e minisséries e paralelamente cursou uma Pós-graduação em Figurino e Carnaval na Universidade carioca Veiga de Almeida.

Em 2003 dedicou-se somente aos “Os Rouxinóis”, tendo retornado a Praiana para o carnaval de 2004, ano em que se dividiu entre três agremiações, uma delas sediada inclusive no Rio de Janeiro, a “Boi da Ilha”.

Boi da Ilha do Governador

Ocupando o posto de assistente de figurino, fez seu primeiro filme longa metragem no ano de 2004, “Mais Uma Vez Amor”, dirigido por Rosane Savartman.

A partir daí o trabalho de Severo como carnavalesco a cada ano era realizado em mais de uma agremiação até o carnaval de 2011.

De 2004 à 2011 Severo foi campeão por duas vezes com “Os Rouxinóis” nos carnavais de 2004 e 2006 e vice campeão nos anos de 2007 pelos “Os Rouxinóis” e “Acadêmicos do Dendê” e 2011 pelos “Os Rouxinóis”.

Nos carnavais de 2006 e 2011 Severo chegou a trabalhar em quatro agremiações carnavalescas num mesmo ano.

No carnaval de 2008 foi acertado para ser carnavalesco do Arranco do Engenho de Dentro, onde apresentou o enredo “Andanças e Folias”, tendo continuado na escola como carnavalesco por outros tantos carnavais, tanto que de forma inédita integra a galeria de velha guarda da agremiação até hoje.

Chegando o carnaval de 2012 Severo Luzardo dedicou-se unicamente a Império da Tijuca, desfilante do grupo de acesso carioca, onde desenvolveu o enredo “Utopias – viagens aos confins da imaginação” tendo conquistado um terceiro lugar.

Império da Tijuca 2012

Em 2014, ainda no grupo de acesso carioca Luzardo teve a oportunidade de comandar a reedição do enredo “Kizomba, Festa da Raça” na Paraíso do Tuiuti, ficando com a oitava colocação na época.

 

 

A estreia de Severo Luzardo no grupo de elite das escolas de samba do Rio de janeiro, aconteceu no carnaval de 2017 pela União da Ilha do Governador com o enredo “Nzara Ndembu Glória ao Senhor Tempo”.

União da Ilha do Governador 2017

Permanecendo na União da Ilha até o carnaval de 2019, na escola insulana apresentou os enredos “Brasil bom de boca” e “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu” respectivamente, tendo ficado nestes dois anos com a décima colocação.

União da Ilha do Governador 2018
União da Ilha do Governador 2019

No carnaval de 2019, Severo consegue o 31° campeonato para a escola de samba “Os Rouxinóis”, com o enredo “Os Filhos Mágicos dos Ventos”, assinando esse desfile com seu assistente Davi Gbana.

Os Rouxinóis 2019

Já no carnaval de 2020 dedicou-se exclusivamente a agremiação “Os Rouxinóis” e à “Acadêmicos do Dendê”, tendo ficado de fora dos desfiles na Marquês de Sapucaí.

Os Rouxinóis 2020

Em sua trajetória do carnaval carioca, Severo Luzardo já conquistou o Estandarte de Ouro, do jornal O Globo, nos anos de 2017 pela União da Ilha e 2016 pelo tradicional Império Serrano (onde trabalhou nos carnavais de 2015 e 2016), além de ter sido agraciado com muitos outros prêmios.

Severo Luzardo ainda tem em seu currículo a criação dos figurinos da Cerimônia de Abertura da Copa América de 2019, disputada aqui no Brasil.

Cerimônia de Abertura da Copa América de 2019

 

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui