RJ – Waldir Tavares analisa o futuro das grandes escolas, começando pela Imperatriz Leopoldinense #RaioX2021

4
916

 

Waldir Tavares, graduado na IBMR/RJ. Historiador e Editor do site Carnaval Numero 1

Hoje se dá inicio ao Raio X das escolas do Grupo Especial Carioca e saber o que esperar das agremiações para o próximo ano. Iniciamos com a Imperatriz Leopoldinense que retorna ao grupo de elite no carnaval de 2021.

Devido ao atual momento com a crise do covid-19, o mercado de contratações parou, porem já se tem desenhado o cenário com as mudanças já concretizadas.

A Rainha de Ramos manteve seu casal que juntos, defendem o pavilhão da escola desde 2017. Thiaguinho Mendonça e Rafaela Theodoro em dupla, na estreia tiveram apenas uma nota baixa, um 9,9 que foi descartado e assim garantiram os 30 pontos em 2017 e também no ano seguinte, 2018. Em 2019, como tudo que deu errado naquele desfile, o casal recebeu 4 notas 9,9 e nenhum 10. No ultimo carnaval ajudaram a escola gabaritar o mapa de apuração por completo, foram 4 notas 10 no desfile da série A.

O competente casal Thiaguinho Mendonça e Rafaela Theodoro perderam poucos décimos no retrospecto de 2017 até agora

Responsáveis pelos setores musicais e de evolução, a dupla de diretores de Harmonia Jorge Arthur e André Bonatte tiveram estreia de campeões, 10 em todas as cabines no ultimo carnaval. Sabemos que em relação ao Grupo Especial a cobrança aumenta. Porém os dois possuem bagagem e experiencia para serem mantidos no cargo.

Ainda no setor musical, Mestre Lolo continua na escola e os números mostram que foi sábia a decisão por parte da direção. Desde 2016 no comando da “Swing da Leopoldina“, logo na estreia gabaritou com 10 em todas as cabines. Repetiu o grande feito em 2017. Em 2018 teve apenas uma nota diferente de 10, um 9,9 descartado. No desastroso e esquecível desfile de 2019, também garantiu 30 pontos com apenas um 9,8, descartado.

Mestre lolo

A frente desta competente bateria, a rainha IZA seguirá reinando em 2021.

A cantora Iza permanece no posto de rainha de bateria

Comissão de Frente é um segmento que ainda está em aberto na escola de Ramos. O competente casal Helio e Beth Bejani se despediram da agremiação após o belo resultado em 2020, que foi coroado com 10 em todos os jurados. A escola ainda não divulgou quem vai assumir o setor em 2021. Restam poucos e bons nomes que possam trazer aquela que já foi a comissão de frente referencia no carnaval dos anos 90.

Talvez a mais comentada mudança se dá no setor plástico. A campeoníssima carnavalesca Rosa Magalhães retorna a escola para o próximo carnaval. Rosa é mestra em enredos históricos e rebuscados, e é conhecida como professora justamente por seu apuro acadêmico.

Rosa Magalhes de volta a Imperatriz. Sonho antigo dos torcedores

A carnavalesca será responsável por 3 quesitos: Enredo, Alegorias e adereços e Fantasias. Cabe uma análise mais profunda sobre sua performance em cada um deles nos últimos carnavais.

Em 2015 o enredo da professora na São Clemente (homenagem a Fernando Pamplona) teve apenas uma nota diferente da máxima, um 9,8. Em 2016 (Mais de mil palhaços no salão) e 2017 (Onisuáquimalipanse) ainda na escola de Botafogo, só conseguiram 3 notas 10 em todos os julgadores. No ano de 2018, na Portela, tirou só 10 em enredo (De repente de lá pra cá e dirrepente daqui pra lá). Em 2019 com enredo sobre Clara nunes (Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma sabiá) a águia de madureira teve um 9,9 descartado, garantindo o quesito com 30 pontos. Em 2020 na Estácio de Sá não garantiu nenhum 10 no quesito com o controverso para muitos, enredo “Pedra“.

Alegorias e Adereços e Fantasias são quesitos que a grande carnavalesca vem perdendo décimos preciosos. Em 2015 apenas um 10 em alegorias e fantasia nenhum 10 (dois 9,7). No ano de  2016 nenhum 10 nos dois quesitos. 2017 nenhuma nota 10 em alegorias e apenas duas notas 10 em alegorias. A coisa parece melhorar no ano de 2018 na Portela com duas notas 10 em alegorias e também no quesito fantasias. No ano seguinte, 2019 dois 10 alegorias e finalmente volta gabaritar em fantasias. Porém o ultimo carnaval, Rosa Magalhães, na Estácio de Sá, não ganhou nota máxima de nenhum julgador dos quesitos Alegorias e Fantasias.

No geral, a Rainha de Ramos tem ponto forte no seu setor musical, embalada por uma bateria indiscutivelmente nota dez, um casa competente e conta com a reinvenção de um nome a ser respeitado, Rosa Magalhães.

Por Waldir Tavares

4 COMENTÁRIOS

  1. Bom, apesar de Eu ser Imperatriz e não estar gostando dos Carnavais da Rosa, Ela nunca ia Gabaritar 10 no Estácio por ser o Estácio, Eu acho que já era Carta Marcada, é igual o que Eles fazem c/ a S. Clemente, nunca vão dar 10 p/ esse Carnaval Maravilhoso que a S. Clemente fez, porque é a S. Clemente e ela tinha que ficar atraz da Unidos da Tijuca que tem uma Bandeira que Pesa, esse Ano todos sabem que o Carnaval do Estácio estava muito Bom, Diferente e Inovador

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui