RJ – Unidos de Vila Isabel Chega aos 74 Anos de Fundação

0
267

 

A aniversariante desta data é a Unidos de Vila Isabel que hoje completa 74 anos de fundação, já que foi fundada em 04 de abril de 1946, tendo a Portela como sua madrinha e as cores azul e branco.

Originalmente a agremiação teve sua primeira sede na entrada do Morro dos Macacos, mas atualmente está localizada no Boulevard 28 de Setembro, no bairro de Vila Isabel, na Cidade Maravilhosa.

A Unidos de Vila Isabel em sua história recente conta com três campeonatos no grupo de elite das escolas de samba do Rio, nos carnavais de 1988, 2006 e 2013, dois campeonatos na série A e um desfile vitorioso na série B.

A quadra da Vila Isabel notabiliza-se por ser um espaço moderno, sendo classificada como a segunda maior quadra entre as agremiações cariocas, ficando atrás apenas da Mocidade Independente de Padre Miguel.

A bandeira da agremiação apresenta a coroa da Princesa Isabel, como seu grande símbolo, apresentando em sua parte de baixo uma clave de sol, um pandeiro e a pena de Noel Rosa.

O bairro de Vila Isabel, onde a agremiação está sediada, fica na zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

“Seu China”, codinome de Antônio Fernandes da Silveira, foi quem idealizou a Unidos de Vila Isabel. Fundador do Bloco Verde e Branco, que posteriormente deu origem a escola de samba Depois Eu Digo. Era também freqüentador da escola Azul e Branco do Salgueiro, que deu origem à Acadêmicos do Salgueiro.

Mudando-se para o Morro dos Macacos no ano de 1945, “Seu China” passou a achar que o bairro do compositor Noel Rosa fazia jus a ter uma escola de samba.

No domingo de carnaval do distante ano de 1946, ao observar o desfile do Bloco Acadêmicos da Vila, sediado no Morro do Pau da Bandeira, “Seu China” teve a idéia de fundar uma escola de samba em Vila Isabel. Dessa forma a Unidos de Vila Isabel foi fundada, no quintal da casa de Seu China, tendo servido este lugar como primeira sede da agremiação do bairro de Noel até o ano de 1958.

Além de “Seu China”, outros nomes constam como fundadores da escola, tais como Aílton Cléber da Silva; Antonio Rodrigues (Tuninho Carpinteiro); Ari Barbosa; Cesso da Silva; Joaquim José Rodrigues (Quinzinho); Osmar Mariano; Paulo Gomes de Aquino (Paulo Brazão); e Servan Heitor de Carvalho. Também participaram da fundação: José Ferreira Leite; Djalma Fernandes da Silveira (Filho de Seu China; também conhecido como Djalma Sapo); Dulcinéia Gomes de Aquino (irmã de Paulo Brazão, foi a primeira diretora da Ala das Baianas); Peti (uma das primeiras baianas da escola); Enock (conhecido como carioca). Esses mesmos fundadores acabaram ocupando os cargos na diretoria da agremiação, sendo “Seu China” seu primeiro Presidente.

Em 27 de dezembro de 1946, a Unidos de Vila Isabel acabou sendo filiada à União Geral das Escolas de Samba do Brasil, adquirindo desta forma o direito de concorrer ao campeonato do carnaval do ano de 1947.

Em seu primeiro desfile apresentou o enredo “Escrava Rainha”, tendo o samba de enredo sido de autoria de Paulo Brasão, compositor de muitos sambas de sucesso da escola até o carnaval de 1976.

No carnaval de 1956 chegou a conquistar um vice campeonato no grupo 2 de época, o que a promoveu para desfilar no grupo 1 em 1957, mas um resultado desastroso rebaixou a escola de novo no ano seguinte.

No carnaval de 1960 a Vila Isabel conquistou seu primeiro título, no grupo 3, com o enredo “Poeta dos Escravos” do carnavalesco Gabriel do Nascimento, vitória esta que levou a escola para o grupo 2 em 1961, onde permaneceu até o carnaval de 1965, conquistando um vice campeonato neste ano, ascendendo para o grupo 1 no carnaval de 1966.

O carnaval de 1965 marca a entrada de Martinho da Vila para a agremiação, ele que participava na época da escola Aprendizes da Boca do Mato. A entrada de Martinho para a ala de compositores da Vila Isabel, transformou a forma de compor os sambas da agremiação, com letras melhor estruturadas e melodias mais suaves.

Em 1978 a escola voltou a ser rebaixada e desta vez acabou no grupo 1B em 1979, tendo neste ano sido campeã e voltando ao grupo 1A nos festejos de Momo de 1980.

No grupo principal das escolas de samba cariocas, a escola do bairro de Noel esteve de 1980 ao ano 2000.

No carnaval de 1984, ocasião em que foi inaugurado o Sambódromo do Rio de Janeiro, a Unidos de Vila Isabel trouxe o enredo “Para tudo se acabar na quarta-feira” com um samba primoroso de autoria de Martinho da Vila, obra esta que ainda ecoa nos ouvidos dos amantes do carnaval, pela qualidade do samba e pela bela mensagem que nos trás.

No carnaval de 1988 surpreendeu a Marquês de Sapucaí com um desfile inesquecível, “Kizomba, a Festa da Raça” do trio de carnavalescos Milton Siqueira, Paulo César Cardoso e Ilvamar Magalhães. Com este desfile a escola alcançou o seu primeiro campeonato no grupo principal do carnaval do Rio.

Desfilando no grupo de acesso A de 2001 a 2004, a Vila tornou a ser campeã com o enredo “A Vila é para Ti…” de João Luiz de Moura.

De volta ao grupo de elite em 2005, desde lá a escola nunca mais saiu do grupo especial, tendo apresentado grandes desfiles, com uma comunidade aguerrida e forte.

Já no carnaval de 2006, com o carnavalesco Alexandre Louzada, de novo conquistou o ponto mais alto do pódio com o enredo “Soy loco por tí, América: A Vila canta a latinidade”.

Sob a batuta da professora Rosa Magalhães a Vila Isabel voltou a vencer no carnaval de 2013, quando apresentou o enredo “A Vila canta o Brasil, celeiro do mundo – Água no feijão que chegou mais um”.

 

Nos carnavais de 2019 e 2020 a visa Isabel notabilizou-se pela grandiosidade dos desfiles apresentados, com requinte e até mesmo luxo, trabalho do carnavalesco Edson Pereira, profissional já contratado para o próximo carnaval, quando desta vez a escola vai levar para a avenida a vida e obra de seu grande representante, o cantor e compositor Martinho da Vila.

Com relação à premiação do Estandarte de Ouro, do Jornal O Globo, a Vila Isabel obteve maior destaque nas categorias de samba enredo, mestre-sala e personalidade.

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui