RJ – #RaioX2021 Waldir Tavares analisa: Mangueira sem pecados nas renovações

0
553
Foto Alexandre Durão
Desde 2016 a Verde e Rosa figura entre as seis melhores na classificação, faturando dois titulo neste período.

Dando sequencia a mais um Raio X no elenco das Escolas de Samba do Grupo Especial/RJ para 2021, chegou a vez da sexta colocada em 2020, a Estação Primeira de Mangueira.  

Marquinho Art’Samba vai para seu terceiro carnaval consecutivo no carro de som da velha manga. Pouco após o carnaval de 2018, Art Samba foi contratado para ser a voz oficial da escola, substituindo o então intérprete Ciganerey.

Marquinho Art’Samba

No próximo carnaval, o interprete volta defender quesito SAMBA ENREDO.

Nos cinco últimos carnavais da Mangueira, o quesito em questão recebeu todas notas máximas em 2016 (Maria Bethânia – A Menina dos Olhos de Oyá), 2017 (Só Com a Ajuda do Santo), 2018 (Com Dinheiro ou sem Dinheiro, Eu Brinco!) e 2019 (História Pra Ninar Gente Grande). Em 2020 o samba enredo “A Verdade Vos Fará Livre” recebeu apenas uma nota diferente de 10, que foi descartada, garantindo assim os 30 pontos necessários.

Grande performance dos compositores Mangueirenses!

Renato Kort deve permanecer no comando da HARMONIA e EVOLUÇÃO da escola do morro de mangueira.

Renato assumiu o posto de fato em 2020. A escola não vem fazendo feio nestes quesitos. No ultimo carnaval das dez notas máximas possíveis, a Mangueira recebeu seis 10 na soma dos dois quesitos. Garantindo 29,9 em Evolução e 30 pontos em Harmonia, com os descartes.

Renato Kort

Mestre Wesley continua a frente da BATERIA, cargo que ocupa desde o campeonato de 2019 onde recebeu todas notas máximas dos julgadores. Em 2020 apenas uma nota 9,9 e quatro notas máximas. Evelyn Bastos que é cria da escola, se mantem firme, e porque não dizer forte no cargo de Rainha de bateria.

No setor musical a verde e rosa se mantem muito bem.

Conhecidos como “Casal Segredo”, devido o sucesso da COMISSÃO DE FRENTE da Unidos da Tijuca em 2010, Priscilla Mota e Rodrigo Negri vão para o terceiro trabalho na Estação Primeira de Mangueira.

Antes de 2019 o quesito não vinha dando bons resultados. E com a chegada deles no ano em questão, foram agraciados com notas máxima de todos os julgadores. No ultimo carnaval, receberam duas notas 9,9 e três notas 10. Totalizando 29,9 pontos com os dois descartes. O casal de coreógrafos é um dos trunfos da escola para o próximo ano.

Priscilla Mota e Rodrigo Negri

A diretoria do Presidente Elias Richie também confirmou a permanência da dupla de MESTRE SALA e PORTA BANDEIRA formada por Matheus Olivério e Squel Jorgea. Com DNA mangueirense, juntos vão para o quinto ano defendendo o pavilhão verde e rosa.

Em 2017, ano de estreia, receberam todas notas máximas no julgamento. Feito repedido nos dois anos seguintes, 2018 e 2019. No ultimo carnaval algo de muito errado aconteceu. O casal considerado fortíssimo, recebeu apenas uma nota 10, totalizando 29,7 no geral.

Nas justificativas foram descritas falhas de sincronia, excesso de teatralização, falta de “brilho” e incompreensão do figurino. Problemas estes onde a dupla possui bagagem suficiente para acertar no próximo ano.

Leandro Vieira que em 2020 assinou dois carnavais, além da verde e rosa ajudou a Imperatriz Leopoldinense a voltar ao grupo de elite, optou por seguir no Grupo Especial assinando o próximo carnaval da Estação Primeira de Mangueira.

Vieira chegou na agremiação em 2016. Na estreia faturou o campeonato após hiato de 14 anos que a escola vinha sem vencer um carnaval. De lá pra cá, já são dois campeonatos e inúmeras notas máximas nos três quesitos que são de sua responsabilidade.

Para saber o tamanho do prestigio que o trabalho do artista tem junto aos julgadores, acompanhe a analise de seus números.

Leandro Vieira – Foto Divulgação

No quesito ENREDO, desde quando chegou a Mangueira, Leandro Vieira recebeu somente dois 9,9 entre todas as notas apuradas. No mais, todas foram notas 10.

Analisando ALEGORIAS e ADEREÇOS, o carnavalesco gabaritou o quesito em 2016 e 2017, garantindo 30 pontos em 2019. Em 2018 totalizou 29,9. No ultimo carnaval não recebeu notas 10, chegando a 29,7 no geral.

Em FANTASIAS mais um show de performance, garantiu os 30 pontos em 2016, 2017, 2018 e 2019. No carnaval passado derrapou, totalizando 29,8 neste quesito.

Leandro Vieira é o carnavalesco que consegue ser regular na qualidade dos seus trabalhos. O ano de 2020 foi um ponto fora da curva em meio a tantos bons resultados.

Nos resta esperar se realmente o carnaval passado é exceção ou como muitos dizem, já é hora de se reinventar. O que não concordo.

A Estação Primeira de Mangueira prova que possui elenco que reflete a permanecia dela entre as melhores pelos últimos cinco carnavais. E sem sombra de duvida, com boas escolhas para o Enredo de 2021 (especialidade de seu carnavalesco), sempre será favorita ao titulo. Se existia um pecado para pagar, seus torcedores esperam ter pago em 2020.

Desfile da Mangueira 2020 — Foto: Fábio Tito/G1
Por Waldir Tavares

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui