RJ – Leandro Vieira promete abusar do uso da “pluma” de tecido no Carnaval do Império Serrano

0
550

O Carnavalesco do Império Serrano, Leandro Vieira,  divulgou recentemente algumas das fantasias criadas para o Reizinho de Madureira, que mesmo diante da pandemia, vem trabalhando visando os desfiles do ano que vem. Segundo o Carnavalesco, em regra, seus projetos para o carnaval trabalham com orçamentos limitados e isso de forma inevitável, marca sua produção como artista.

Leandro Vieira é Carnavalesco da Mangueira no Grupo Especial e Império Serrano na série A – Foto: Marcelo Theobald

Diante do desafio de produzir o visual para a sua estreia no Império Serrano, Vieira diz ter pensado uma escola que em alguns momentos pudesse se apresentar como clássica dialogando com o imperiano que gosta de ver a escola com aquele visual “classudo” de escolas tradicionais. O artista debruçou-se então nos estudos para a utilização de um antigo desejo: a utilização do que chama de ‘pluma fake’.

A produção e o uso da ‘pluma fake’ é um desejo antigo que me levou há muitas tentativas sem sucesso em anos anteriores. No Império Serrano, a parceria de desenvolvimento com o que o fornecedor batizou de ‘ecopluma’ me agradou e eu resolvi usá-la de forma definitiva. De longe é a velha e luxuosa pluma importada. De perto, um tecido picotado que fica enrijecido ao ser aplicado numa fina estrutura que pode ser moldada com as mãos “explica Leandro.

Fantasia “Coronel”

O Império Serrano escolheu no último dia 20 de novembro seu hino oficial para o próximo Carnaval, quando vai levar para a Marquês de Sapucaí o enredo Mangangá, que contará a história do Mestre Besouro Mangangá, capoeirista baiano, enredo de autoria do próprio carnavalesco Leandro Vieira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui