RJ – Independente da Praça da Bandeira divulga a sinopse de seu enredo para o próximo carnaval

0
35

 

Fundada no ano de 2001 a Independente da Praça da Bandeira desfila na pista de desfile da Intendente Magalhães, sendo que para seu próximo desfile vai apresentar o enredo “Dos Encantos do Capibaribe a Frevança Atual… Pernambuco Respira Diversidade Cultural” do carnavalesco Ricardo Paulino.

Recentemente a agremiação veio a público divulgar a sinopse deste enredo.

OBJETIVO DO ENREDO

A Independente da Praça da Bandeira traz um enredo cheio de encantos, um verdadeiro mosaico de festas, cores e crenças para celebrar Pernambuco.

Estado rico em sua diversidade cultural, povo crente, alegre e festeiro. Falar de Pernambuco é motivo de alegria e encantamento. Pernambuco com suas lendas e crenças, com seu costumes, festejos e tradições, nos leva a um momento de puro êxtase nos nossos corações. Sou Pernambuco, sou Independente, deixo o samba me levar e embarcar nessa viagem com destino à Pernambuco…

SINOPSE

Oh! Meu Pernambuco… sou louco por ti!

Meu pedaço de chão que nos leva ao caminho de um mundo de encantarias e magias.

A caminho de Capibaribe, faremos uma viagem pelos encantos e magias em toda sua diversidade cultural.

Pernambuco… Tu és lindo e fascinante! Por onde ando a cada passo, me encanto ainda mais com tanta beleza e magia.

Vai jangadeiro, com sua jangada ao mar… Nos leva a embarcar por toda essa magia pernambucana.

Pelos becos e vielas dos centros culturais, deparamos com diversos ritmos culturais que enriquecem o tão maravilho Estado de Pernambuco.

A alegria está no ar!

Povo de alma festeira que nos levam a um turbilhão de cores e grande festejos. Essa adrenalina é de lavar a alma e arrepiar o coração.

Festejos este que surgiram com a miscigenação das raças e que fez desabrochar a cultura pernambucana.

Vamos nos encantar com os mascarados de Papangus, pois meu coração pulsa e meu corpo parece entrar em órbita num imenso bailado de cores e magias.

Lá pelas bandas do agreste tem magia, tem dança de roda, bate o coco sinhô e vem menina comigo bailar num samba de crioula e misturar o sagrado com o profano.

Rainha Ginga, cortejo de rara beleza ao som de tambores, chocalhos e gonguês… É a calunga a encantar com seus adornos entre rendas e fitas… É o Maracatu a nos encantar…

Com a chegada do mês de junho, Pernambuco se transforma num imenso arraiá… O povo alegre e feliz enfeita a cidade com bandeirinhas e fitas a espera dos festejos começar…

Pernambuco numa profusão de cores e muita animação… Viva Santo Antônio, São Pedro e São João.

Quadrilhas, danças, forró e xaxado… É Pernambuco de alma festeira. Êta trem bão sô vamos dançar um pé de serra, ao som da sanfona do Rei do Baião… Nosso eterno Gonzagão.

No vai e vem da capoeira e até mesmo na Ciranda de Itamaracá, somos Pernambuco, somos mamulengos gira roda, roda gira pra lá e pra cá…

Bonecos de Mestre Vitalino, pela Feira de Caruaru, se transformam em souvenir da cidade grande mimo da região.

Artesanato, danças, cantos, teatro e literatura uma verdadeira diversidade cultural… Assim é meu Pernambuco… Terra de gente feliz.

É carnaval, é festa em Pernambuco.

Ritmo acelerado que nos leva ao delírio.

Festejo que mexe com a alma da gente, e faz ferver o sangue brasileiro, uma batida que faz arrepiar.

Nas ruas, blocos aquecem o coração.

A alegria é geral… Olinda… Como tu és linda! Eternamente linda!

São os caboclinhos a bailar com seus enormes penachos e sua arte celebrar. Parece teatro… Mas é carnaval.

No passo do compasso, vou pra lá e venho pra cá. É carnaval, em Pernambuco a alegria é geral.

É frevo, frevança… com um colorido de sombrinhas decoradas em fitas, vou pulando e gingando num passo bem marcado.

Lá vem os Bonecos de Olinda para a festa de carnaval e vem anunciar que o Galo da Madrugada uma multidão vai arrastar.

Não me leve a mal, pois em Pernambuco também tem carnaval.

E é por todos esses motivos que o cabra pernambucano canta dança sem medo de ser feliz, pois lá vem o trio e atrás do trio eu vou pulando até o dia clarear.

Vem com a Independente da Praça da Bandeira brincar e viajar pela cultura desse Estado tão maravilhoso.

Pois em Pernambuco é assim… um gigante cantinho festeiro desse nosso querido Brasil.

Afinal… “Eu sou mameluco, sou de casa forte…

Sou de Pernambuco, sou Leão do Norte.”

(Lenine, Paulo César Pinheiro)

Independente da Praça da Bandeira – Logo Carnaval 2021

No carnaval passado a escola desfilou no acesso da Intendente quando apresentou o enredo “Encantos da Fé” dos carnavalescos Ricardo Paulino e Walter Guilherme, tendo conquistado a quarta colocação.

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui