RJ – Ex Mestre sala, coreógrafo e até enredo, Jeronimo da Portela será Rei de Bateria

0
999

Para 2020, a escola Novo Império fez o convite, e jerônimo aceitou ser o rei da bateria.

Em contato com o CarnavalN1, Jeronimo comentou:

_Não esperava, recebi um telefonema do Ney, o presidente, e após um tempo ele me veio com o assunto que estava me ligando, pois ele e a diretoria queriam me colocar como rei da escola, eu ainda brinquei que minha idade não permite estas emoções, mas aceitei na hora e estou muito feliz.

Apesar do convite, Jeronimo ressalta que não será a sua estréia neste posto:

_Geralmente são mulheres né? Mas uma vez na União do Parque Curicica, bem véspera a Presidente Katia veio correndo me avisar que a rainha tinha saído, eu que eu tinha boas roupas e neste dia eu fui coroado e recebia faixa na avenida.

Jerônimo Patrocínio, hoje baluarte da Portela, foi aluno de Mercedes Batista, a primeira bailarina negra a se apresentar no Theatro Municipal”, dançou com a saudosa vedete Virginia Lane, e incentivado pela lendária Tia Dodo alcançou o sucesso como bailarino especialista em dança afro.

Foi coreografo de famosas comissões de frente, como Mocidade 1991, e primeiro mestre sala da Portela até 1995, onde se despediu desfilando no inesquecível enredo “Gosto que me Enrosco” e detentor de inúmeros Estandartes de Ouro.

No ano passado, Jeronimo foi enredo da Arame de Ricardo e trabalhou no Festival de Parintins.

O coreógrafo virá ao lado da Rainha Caroline Lima

A Novo império desfila pelo grupo de Avaliação na Estrada Intendente Magalhães.

Por Waldir Tavares

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui