RJ – Depois de encerrada a votação popular no Gshow Rio e São Paulo já tem seus melhores desfiles de todos os tempos

1
881

 

Deixando as críticas de lado, e é importante dizer que foram muitas e com fundamento, referentes às transmissões realizadas pela Rede Globo de Televisão no sábado e no domingo de carnaval, onde foram transmitidos desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo que marcaram a  memória dos amantes do carnaval brasileiro, através de exibição de compactos de desfiles épicos das duas capitais brasileiras.

Estação Primeira de Mangueira – Desfile de 2018

Foram transmitidos os compactos de desfiles de todas as principais escolas de samba a partir de 1984, para o caso do Rio de Janeiro, e de 1991, para São Paulo, quando os sambódromos das duas capitais foram inaugurados, ambos projetos do arquiteto Oscar Niemeyer, estruturas definitivas e que todos os anos abrigam os desfiles das agremiações cariocas e paulistas.

Dragões da Real – Desfile de 2020

Com essa transmissão realizada pela Rede Globo era possível que o público pudesse atuar como jurado, já que havia uma votação aberta no GShow para eleição dos melhores desfiles de todos os tempos, um do carnaval carioca e outro desfile do carnaval paulista.

No início desta segunda-feira foram anunciados os desfiles vencedores das duas capitais.

Pelo carnaval do Rio de Janeiro, como melhor desfile de todos os tempos a vitória foi do desfile apresentado no carnaval de 1989 pela Beija Flor de Nilópolis, com o enredo “Ratos e Urubus, Larguem a Minha Fantasia”, colocado na Marquês de Sapucaí pelo genial carnavalesco Joãosinho Trinta.

Essa vitória de Ratos e Urubus se deu com um percentual de 15,32% do total de votos realizados no Gshow.

Já com relação ao carnaval paulista, a vitória coube a Gaviões da Fiel, com o desfile apresentado pela escola no carnaval de 2003, com o enredo “As Cinco Deusas Encantadas na Corte do Rei”. esse desfile da Gaviões recebeu um total de 34,31% dos votos dados.

Esse desfile campeão da Gaviões da Fiel foi arquitetado pelo carnavalesco Jorge Freitas, que deu a escola paulista o bicampeonato de 2002/2003.

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

1 COMENTÁRIO

  1. Estava lindo a beija flor então q saudades mas voltarão e triste porque quanta gente teria sido empregada mas tdo vai passar Deus é mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui