RJ – Com obras concluídas, Prefeito diz que acompanhará a festa de longe

0
84
Reprodução

O prefeito Marcelo Crivella realizou ontem (11), a ultima visita a obra do Sambódromo do Rio de janeiro. Na ocasião também estiveram presentes o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e o presidente da RioturMarcelo Alves.

Foram três meses de trabalho com 36 mil metros de arquibancadas reformadas e pintadas, alterações nas escadas para fácil acesso, e a duplicação das vias de escape em caso de incêndio. Além da instalação de 89 quadros elétricos e 500 refletores.

As reformas foram custeadas pelo Ministério do Turismo que injetou R$ 8,1 milhões na obra.

A previsão é que nesta quarta feira (12), o Corpo de Bombeiros faça a vistoria e emita o alvará liberando o local para os desfiles, que se iniciam em pouco mais de uma semana.

Crivella afirmou que não irá à Marquês de Sapucaí durante o Carnaval da cidade e que acompanhará a festa do Centro de Operações do Rio (COR), a declaração foi feita a jornalistas durante uma vistoria.

“Vou estar aqui no Centro de Operações do Rio, só não posso vir sambar porque não sei sambar. Mas estarei aqui atento, sempre. O secretário Felipe Michel já me convocou, para estarmos lá em qualquer emergência“, afirmou o prefeito.

Interditado há quase um ano, o Sambódromo está mais perto de conseguir o alvará definitivo para funcionamento, o que pode ocorrer na vistoria dos bombeiros.

As intervenções acabaram atrasando o calendário de ensaios técnicos, e se tudo estiver dentro das exigências, a Passarela do Samba, que funciona sem o aval da corporação desde que foi inaugurada, em 1984, estará finalmente legalizada, às vésperas do carnaval.

Por Waldir Tavares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui