RJ – Acadêmicos do Cubango festeja seus 61 anos de fundação

0
269

 

Sediada na cidade de Niterói, no estado do Rio de Janeiro, a Acadêmicos do Cubango festeja neste 17 de dezembro seus 61 anos de fundação.

A Cubango desde os anos oitenta desfila no carnaval do Rio de Janeiro, estando no grupo de acesso A da folia carioca desde o ano de 2010 quando apresentou o enredo “Os loucos da praia chamada saudade” do carnavalesco Milton Cunha.

Nunca a Cubango conseguiu classificação que lhe permitisse desfilar no grupo especial das escolas de samba cariocas, mesmo que tenha apresentado grandes desfiles na Sapucaí no grupo de acesso.

O ano de 1960 marca o início da participação da Cubango nos desfiles da cidade de Niterói ocasião na qual ganhou o tetracampeonato num grupo na época denominado de “Academias”, uma espécie de segundo grupo do carnaval, com o enredo “Sonho das Esmeraldas”.

Nos festejos de Momo do ano de 1964 estreou no grupo das escolas de samba do primeiro grupo e passou a ser chamada pelo nome atual, tendo neste mesmo ano conquistado o  vice-campeonato com o enredo “Maurício de Nassau”.

O primeiro campeonato da Cubango no grupo principal das agremiações de Niterói somente se deu no ano de 1967 com o enredo “O Brasil pintado por Debret”. Acontece que foi só em 1972 que a Cubango se consagrou o tema “Um rei Congo Sabará” um estilo de enredo afro, que passou a ser o mais preterido pela escola a partir daí e que até hoje é reconhecido como de preferência pela escola niteroiense.

Na galeria de troféus da escola existem onze troféus, referentes a campeonatos alcançados pela escola desfilando na cidade de Niterói, quatro campeonatos alcançados no grupo “Academias de Samba” também em Niterói e dois títulos alcançados na terceira divisão do carnaval carioca, perfazendo um total de 17 títulos alcançados pela escola desde sua fundação.

Acadêmicos do Cubango – Carnaval de 2009

Grandes profissionais do carnaval passaram pela Cubango como Cid Carvalho, Jaime Cesário, Alexandre Louzada, Milton Cunha, Severo Luzardo, Gabriel Haddad e Leonardo Bora dentre outros.

Mesmo nunca tendo desfilado no grupo especial carioca, como já foi referido, a Cubango possui premiações concedidas pelo corpo de jurados do Estandarte de Ouro, do Jornal o Globo, como no carnaval de 2019 quando ganhou a premiação de melhor escola e melhor samba-enredo, mesma premiação obtida pela escola depois do seu desfile no carnaval de 2018. Ganho o Estandarte de Ouro em 2014 como melhor samba enredo, da mesma forma aconteceu no carnaval de 2008 também como melhor samba e igualmente no carnaval de 2005.

A melhor colocação da Cubango desde o carnaval de 2010 foi a segunda colocação com o desfile de 2019 quando a agremiação apresentou o enredo “Igbá Cubango – a alma das coisas e a arte dos milagres” dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora.

Acadêmicos do Cubango – Carnaval de 2019

Para seu próximo desfile a a Cubango já anunciou o enredo “Onilé” que será desenvolvido pelos carnavalescos Raphael Torres e Alexandre Rangel, já possuindo a escola inclusive o samba que irá embalar este desfile.

Acadêmicos do Cubango – Logo Carnaval 2021

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui