RJ – A noite desta sexta feira (11), promete finais eletrizantes no Salgueiro e na Portela

0
35

A Academia de 2020 vai cantar “O rei negro do picadeiro”, de Alex de Souza, e três parcerias chegaram à final. O grupo Pique Novo esquenta para a decisão a partir das 20:30 horas.

Antes da final da disputa dos sambas, as parcerias terão suas obras cantadas duas vezes pelos intérpretes oficiais da escola, nesta quinta-feira, às 19h.

Os finalistas são:

Samba 08: Sereno Fundo de Quintal, Tico do Gato, Waltinho Honorato, Anderson Benson, Manelão e Arthur das Ferragens.

Samba 11: Antonio Gonzaga, Bello, Niva, Daniel Katar, Mauricio Japa, Diego Tavares.

Samba 26 : Marcelo Motta, Fred Camacho, Guinga do Salgueiro, Getúlio Coelho, Ricardo Neves, Francisco Aquino.

A Águia de Madureira também define o samba entre três parcerias. O enredo para 2020 é “Guajupiá, terra sem males”, de Renato e Márcia Lage.

A noite será aberta com show do grupo Exaltação ao Samba de Enredo, relembrando clássicos que marcaram a história dos desfiles, com a participação especialíssima de Pipa Brasey, cantora brasileira radicada na Suíça e destaque de luxo da Portela.

Em seguida, a ala de passistas da agremiação, comandada por Nilce Fran, fará uma apresentação cheia de surpresas, abrindo passagem para casais de mestre-sala e porta-bandeira, baianas, Velha Guarda, Departamento Feminino e demais segmentos. Tudo isso ao som da bateria Tabajara do Samba, com a rainha Bianca Monteiro, e do time de intérpretes liderado por Gilsinho.
Confira relação dos sambas finalistas (a ordem de apresentação ainda será definida)

– Noca da Portela, Wanderley Monteiro, Celso Lopes, Charlles André, Vinicius Ferreira, Bira, Wilson Rufino e Rafael Gigante

– Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, José Carlos, Zé Miranda, Beto Aquino, Pecê Ribeiro, D´Sousa e Araguaci

– Samir Trindade, Elson Ramires, Neiz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui