RJ – 58 anos de fundação do G.R.E.S. São Clemente

0
53

Nessa sexta feira o G.R.E.S. São Clemente completa 58 anos de fundação, já que em 25 de outubro de 1961, a agremiação com as cores amarelo e preto, foi fundada por Ivo da Rocha Gomes, João Marinho e Ailton Teixeira. Lá pelo ano de 1953, um grupo de moradores do bairro de Botafogo organizou um time de futebol, o S. Clemente F. C. Estas pessoas decidiram fundar um bloco de sujo, que mais tarde daria origem a uma escola de samba. A escolha das cores preto e amarelo vem do clube de futebol uruguaio Peñarol.

Acontece que a São Clemente sempre contou com uma certa má vontade dos morados de Botafogo, que reclamavam do barulho que faziam os ensaios da escola pelas ruas do bairro e muito foi feito para impedir os seus ensaios. Até que seus presidentes, Ricardo Gomes e Ivan Vasconcelos, alugaram para os ensaios da agremiação o Ginásio do Mourisco em Botafogo, o que amenizou um pouco as críticas. Hoje a quadra de ensaios da escola fica na Avenida Presidente Vargas, bairro Cidade Nova e sua madrinha é a Unidos de Vila Isabel.

A estréia da São Clemente nos desfiles oficiais das escolas de samba do carnaval carioca, aconteceu no ano de 1962, com desfile na Avenida Rio Branco, pelo terceiro grupo daquela época. Para esse primeiro desfile a escola apresentou um tema de enredo onde exaltou as riquezas do nosso país, com sua  geografia, vegetação, pedras preciosas, ferro, borracha, café, industria e o petróleo.

No ano de 1965 a São Clemente ganhou o seu primeiro título de campeã e subiu de grupo e por um bom tempo esteve entre o grupo de acesso e o grupo especial das escolas de samba, até que desde o ano de 2011 a São Clemente freqüenta o desfile do grupo especial do carnaval carioca de forma ininterrupta. Em menos de seis anos após sua fundação, a escola de Botafogo conseguiu chegar ao primeiro grupo do carnaval fluminense.

Desde a inauguração do sambódromo, no ano de 1984, a São Clemente passou a ser conhecida por uma linha de enredos contestadores e irreverentes. Sua melhor colocação no grupo especial das escolas de samba do Rio de Janeiro aconteceu no ano de 1990, quando apresentou o enredo “E o samba sambou”, tema este que inclusive foi reeditado no último carnaval de 2019, mas que desta vez rendeu à escola apenas o 12º lugar.

Grandes profissionais de destaque já passaram pela São Clemente nesses muitos carnavais, como Rosa Magalhães, Milton Cunha, Max Lopes, Fábio Ricardo, Mauro Quintaes, Alexandre Louzada, dentre outros.

O logo da escola apresenta um pandeiro amarelo, com um desenho preto estilizado da enseada de Botafogo, tendo o Pão de Açúcar ao fundo.

Para o próximo reinado de Momo a escola vai levar para a Marquês de Sapucaí o tema de enredo “O Conto do Vigário”, tema que será desenvolvido pelo carnavalesco Jorge Silveira. A escola vai desfilar na segunda feira de carnaval, como primeira escola a pisar na pista de desfiles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui