“Para ter Carnaval, precisaria que o esforço da vacinação fosse muito maior”, afirma Margareth Menezes

0
304
Reprodução

Em entrevista ao site UOL, Margareth Menezes afirmou que não acredita na possibilidade de agitar o Carnaval na avenida já em 2022. Enquanto alguns artistas apostam no formato tradicional do Carnaval em 2022 e já deram início à venda de abadás para o desfile dos blocos na avenida, a cantora baiana pontuou que todo o atraso promovido na negociação dos imunizantes pode ter sido prejudicial para o retorno dos eventos.

Nosso trabalho é direto com público, é na aglomeração que a arte funciona. Para ter Carnaval, precisaria que o esforço da vacinação fosse muito maior, e isso a gente não está vendo. Nos Estados Unidos, quando mudou o presidente, eles começaram a ter mais de 1 milhão de pessoas vacinadas por dia. Aqui, há falta de pensamento no sentido da coletividade”.

Evento Teste em Salvador 

O primeiro evento-teste da Bahia na pandemia foi realizado na noite da ultima sexta-feira (27), e foi marcado pela chuva e pouca presença dos convidados. Em Salvador, o público assistiu aos shows do cantor Gerônimo, da cantora Márcia Castro e dos grupos Afoxé Darajú de Odé e Telefunksoul.

Chuva atrapalhou evento teste em Salvador – Foto: Dalton Soares

Antes de começar o evento-teste, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, fez uma avaliação sobre a organização da festa.

Esse evento é promovido por associações da área de entretenimento da nossa cidade com objetivo de validar protocolos para, quando for possível, assim que tenhamos a segurança necessária, retomar os eventos, festas shows em Salvador”, disse o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui