NELSON SARGENTO

0
41

“Nelson, bendito seja este dia
Em que a lágrima profana
O negro forte em toda sua fidalguia.”
Inocentes 2015

Nascido em 25 de julho de 1924 Nelson Mattos é um sambista multimídia : cantor, compositor, pesquisador da cultura brasileira, artista plástico, escritor e ator.
Carioca, nascido na Praça XV, foi forjado nos morros cariocas, lugares onde aprendeu o que de melhor a herança africana podia lhe oferecer. Em sua infância no morro do Salgueiro, junto à seus 17 irmãos, desfilava pela Escola de Samba Azul e Branco (um dos pares que junto à Depois Eu Digo formou o Acadêmicos do Salgueiro), mas seus caminhos tinham o tom verde e rosa.

Foi com seu pai de criação, Alfredo Português que iniciou a trajetória junto à Estação Primeira. Aprendiz na arte do violão, sendo iniciado por nomes como Nelson Cavaquinho, Geraldo Pereira e Cartola, com o tempo passou a musicar os versos de seu pai. Mais tarde essa parceria rendeu um dos grandes sambas do carnaval carioca, “As quatro estações do ano.”,composição sua junto ao seu pai e Jamelão.

“No sonho do sambista
Arautos multi-cores
Compositores: Toda Mangueira
A tropa inteira faz a referência a este bamba”
Inocentes 2015

O sobrenome artístico Sargento, patente conquistada no Exército Brasileiro, no qual serviu de 1945 a 1949, tornou-se referência após se apresentar no musical “Rosa de Ouro”.

Nélson integrou o conjunto A Voz do Morro, ao lado de Paulinho da Viola, Zé Kéti, Elton Medeiros Jair do Cavaquinho, José da Cruz e Anescarzinho. Entre os seus parceiros de composição musical, estão Cartola, Carlos Cachaça, Darcy da Mangueira, João de Aquino, Pedro Amorim, e Daniel Gonzaga.

“As flores em vida
Amores em versos
Lastro da inspiração
A primavera refloresce no coração”
Inocentes 2015

Em 2002, seu álbum “Flores em vida”, recebeu a indicação do Grammy Latino. O título do álbum trata-se de uma composição de Moacyr Luz e Aldyr Blanc em homenagem ao mestre.,). Entre seus versos, podemos destacar o trecho: “Sargento apenas no apelido, guerreiro negro dos Palmares/Nelson é o Mestre Sala dos Mares/Singrando as águas da Baía.”

Nesta década, em 2015 foi homenageado na forma de enredo pela Inocentes de Belford Roxo, com um samba composto por Abilio Mestre-sala, Altamiro, André Malheiros, Chiquinho Do Bar, Juruna Zona Sul, Sidnei Pinto, Tico Do Gato e Vinicius Ferreira.

Salve Nelson Sargento!!

Por Douglas São Pedro
Fonte : Zilmar Basílio

Foto : Alexandre Ferrão/ G1/ Reprodução / Acervo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui