FÁBIO RICARDO

0
319

Nascido em São Gonçalo, cidade do estado do Rio de Janeiro, o carnavalesco Fábio Ricardo, conhecido no meio carnavalesco também por Fabinho, já apresentou desfiles por ele projetados no grupo especial das escolas de samba cariocas em oito oportunidades, tendo alcançado como melhor colocação um terceiro lugar com a Acadêmicos do Grande Rio no ano de 2015 quando a agremiação apresentou o enredo “A Grande Rio é do Baralho”.

Carnavalesco Fábio Ricardo

Para 2021 Fábio Ricardo vi estar pela primeira vez à frente da Mocidade Independente de Padre Miguel, já tendo anunciado o enredo “Batuque ao Caçador”, um retorno da Mocidade à um tema afro depois de muitos carnavais.

Iniciou a trabalhar no meio carnavalesco no ano de 1995 tendo sido assistente de grandes carnavalescos como Max Lopes e Joãosinho Trinta, dois grandes profissionais campeões da Marquês de Sapucaí.

Fábio Ricardo teve passagens pela Grande Rio, Rocinha, São Clemente, Mangueira e Império Serrano.

A estreia de Fábio Ricardo como carnavalesco aconteceu no carnaval de 2008 pela Acadêmicos da Rocinha, então no grupo de acesso carioca, e já neste primeiro ano levou a escola a um vice-campeonato com o tema “A Rocinha é Minha Vida… Nordeste é minha História”.

Acadêmicos da Rocinha 2008

No carnaval seguinte permaneceu na escola e desta vez o tema enredo apresentado foi “Tem francesinha no salão… O Rio no meu coração”, quando a escola ficou com o terceiro lugar naquele carnaval.

Acadêmicos da Rocinha 2009

Em seu terceiro carnaval pela Rocinha com o enredo “Ykamiabas” diversos problemas influenciaram num desfile não tão bom realizado pela escola sediada no bairro carioca de São Conrado e desta vez a décima colocação foi o resultado alcançado naquele carnaval.

Acadêmicos da Rocinha 2010

 

O ano de 2011 marca a estreia de Fábio Ricardo à frente de uma escola do grupo especial carioca, tendo sido na São Clemente essa estreia onde o carnavalesco esteve por três carnavais consecutivos, sendo a nona colocação do primeiro ano, a melhor colocação alcançada pela escola nessa era de Fabinho na agremiação do bairro de Botafogo.

São Clemente 2011

No primeiro ano o enredo foi “O seu, o meu, o nosso Rio, abençoado por Deus e bonito por Natureza”, em 2012 a São Clemente trouxe o tema “Uma Aventura Musical na Sapucaí” e já no carnaval de 2013 Fábio Ricardo executou o desfile da escola amarelo e preto com o enredo “Horário Nobre”.

São Clemente 2013

Ainda para o carnaval de 2013, Fábio Ricardo foi anunciado como carnavalesco da Unidos do Porto da Pedra, na época desfilando pelo grupo de acesso carioca, sendo Fabinho o autor do enredo “Me digas o que calças, que eu te direis quem és”. Mas problemas na sucessão da presidência da agremiação, fizeram com que Fábio Ricardo saísse da agremiação a menos de um mês do carnaval, sendo substituído por Leandro Valente.

O talento e a dedicação de Fabinho foram reconhecidos por outras agremiações e para o carnaval de 2014 este foi contratado pela Acadêmicos do Grande Rio, onde ficou até 2017.

Foram quatro carnavais grandiosos bem ao estilo da escola sediada em Duque de Caxias. No primeiro ano, om o enredo “Verdes olhos de Maysa sobre o mar, no caminho: Maricá” apresentou um impressionante conjunto de alegorias e fantasias, sendo apontado por muitos da crítica carnavalesco como o melhor conjunto desses dois quesitos naquele carnaval.

Acadêmicos do Grande Rio 2014

No carnaval de 2015, com “A Grande Rio é do Baralho”, como já foi mencionado a escola alcançou a terceira colocação, melhor colocação da escola depois do carnaval de 2010, quando alcançou o vice-campeonato.

Acadêmicos do Grande Rio 2015

Para 2016 a escolha do carnavalesco foi pelo tema “Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei…”, momento em que a figura de Pelé foi destaque no desfile da escola, desde a comissão de frente impactante apresentada, sob a responsabilidade de Priscila Mota e Rodrigo Neri. Neymar foi outra figura homenageada com este desfile.

Acadêmicos do Grande Rio 2016

Fabinho também foi responsável por desfiles de carnaval em Lille, na França nos anos de 2015 e 2016.

Por fim em 2017, Fábio Ricardo trouxe para a Grande Rio o enredo “Ivete do rio ao Rio!”, transformando o desfile da escola num dos mais aguardados daquele carnaval, já que a cantora Ivete Sangalo era a figura central deste desfile. Para surpresa de todos Ivete veio evoluindo juntamente com os componentes da comissão de frente, representando seu próprio papel na narrativa apresentada pelo grupo. Chegando ao final do desfile, já na Praça da Apoteose, Ivete foi levada de volta para a concentração da escola, onde ainda houve tempo para assumir lugar de destaque no alto da última alegoria da escola, onde pode então apreciar todos os aplausos a ela dirigidos nessa homenagem da tricolor de Caxias.

 

 

Acadêmicos do Grande Rio 2017

Saindo da Grande Rio, Fabinho foi contratado pelo Império Serrano, desenvolvendo para o carnaval carioca de 2018 o enredo “O Império do Samba na Rota da China”, ficando a escola na última colocação, mas devido à uma virada de mesa a escola da Serrinha acabou não sendo penalizada a desfilar no grupo de acesso no carnaval seguinte.

Império Serrano 2018

Na folia de Momo de 2019 Fábio Ricardo não apresentou nenhum trabalho seu na Marquês de Sapucaí, retornando, porém, em 2020 pela Unidos de Padre Miguel, no grupo de acesso carioca, onde com o enredo “Ginga” alcançou a segunda colocação para a escola da Vila Vintém.

Unidos de Padre Miguel 2020

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui