ES – Escola de Samba Andaraí SAMBA 2020

0
22

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Andaraí é uma escola de samba da cidade de Vitória, no Espírito Santo.

Para o próximo carnaval de Vitória a escola trará o enredo “Na pancada da “marvada”… “Pinga”, água que passarinho não bebe!”

A parceria de compositores responsáveis pelo samba de enredo da escola é formada por Thiago Bandeira, Lourival das Neves, Lauro, Léo Reis, Thadeu Ronchi, Luiz Felipe e Lolo.

LETRA DO SAMBA:

É na pancada que desce a marvada!
A cada dose eu volto a sorrir
“Manhagua” ponha “outra” saideira
Minha cachaça, meu amor, Andaraí!

Pingou…
Já desce a abrideira, é CARNAVAL!
Eis a serpente, dona do canavial
Que explode de emoção está avenida, tão linda!
A força do amor traduzido em Kamadeva
Flechadas de paixão, quanta nobreza!
O suco abençoado pelo bom senhor
Mas por inveja, tudo foi maliciado
Aqueceram o seu caldo
Pegou fogo o teu sabor

Nas moendas do engenho…destilação
Sofrimento na senzala…escravidão
Do melado à aguardente…
Conquistando essa gente
O xodó de uma nação

Conceitos, preconceitos… perseguições
Sofre a purinha, deusa das inspirações
Põe na mesa e passa a régua
Se segura, não escorrega!
Um brinde ao patrimônio nacional
Gira a economia, da pobreza à burguesia
Desde o país colonial o meu padroeiro, é são Benedito
Fé e devoção ao meu Santo querido
Na primeira dose um gole pra ti
E quem for beber, não vá dirigir!
O segredo “tá” no paladar,
Sinta o aroma que paira no ar
A “venenosa” pinga fogo como ninguém viu
Nossa “princesa” é a melhor do Brasil.

ANDARAÍ 2020

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Andaraí é uma escola de samba da cidade de Vitória, no Espírito Santo.Para o próximo carnaval de Vitória a escola trará o enredo "Na pancada da "marvada"… "Pinga", água que passarinho não bebe!"A parceria de compositores responsáveis pelo samba de enredo da escola é formada por Thiago Bandeira, Lourival das Neves, Lauro, Léo Reis, Thadeu Ronchi, Luiz Felipe e Lolo.LETRA DO SAMBA:É na pancada que desce a marvada!A cada dose eu volto a sorrir“Manhagua” ponha “outra” saideira Minha cachaça, meu amor, Andaraí!Pingou…Já desce a abrideira, é CARNAVAL!Eis a serpente, dona do canavialQue explode de emoção está avenida, tão linda!A força do amor traduzido em KamadevaFlechadas de paixão, quanta nobreza!O suco abençoado pelo bom senhorMas por inveja, tudo foi maliciadoAqueceram o seu caldo Pegou fogo o teu saborNas moendas do engenho…destilaçãoSofrimento na senzala…escravidãoDo melado à aguardente…Conquistando essa genteO xodó de uma naçãoConceitos, preconceitos… perseguições Sofre a purinha, deusa das inspiraçõesPõe na mesa e passa a réguaSe segura, não escorrega!Um brinde ao patrimônio nacionalGira a economia, da pobreza à burguesiaDesde o país colonial o meu padroeiro, é são Benedito Fé e devoção ao meu Santo queridoNa primeira dose um gole pra tiE quem for beber, não vá dirigir!O segredo “tá” no paladar,Sinta o aroma que paira no arA “venenosa” pinga fogo como ninguém viuNossa “princesa” é a melhor do Brasil.por Sidnei Louro Jorge Júnior

Publicado por Carnaval Número 1 em Sábado, 5 de outubro de 2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui