Em busca do 32º campeonato, o boi bumbá Garantido fechou a segunda noite de apresentação mostrando o subtema “Garantido, o Boi da Alegria do Povo”.

0
38

Já de início o levantador de toadas Sebastião Júnior cantou “Vermelho”, o que teve o poder de agitar a galera do boi.
A celebração folclórica “Viva São João” foi a primeira cena a ser exibida pela agremiação, onde a toada de mesmo nome trouxe o tradicional bailado corrido, típico do bumbá.

O bumbá Garantido tem sua origem na fé a São João, já que seu fundador Lindolfo Monteverde, fez uma promessa ao santo e, por ter alcançado a graça, instituiu o boi em consagração à divindade católica.

O touro branco, com o coração na testa veio conduzido pelos braços de São João, seguido da rainha do folclore. A sinhazinha da fazenda surgiu de dentro de um módulo que simulava um milharal.

Na sequência veio o momento tribal, onde o pajé do boi realizou sua primeira aparição.

A lenda amazônica, denominada “Flechas Serpentes”, trouxe uma lenda dos índios Carajás, onde macacos gigantes atacavam e devoravam os índigenas pendurando seus ossos em uma árvore colossal. Ao final chegou o momento da entrada na arena da cunha poranga.

Na evolução da vaqueirada, os vaqueiros circularam ao redor do touro branco com lanças pintadas com a imagem de São João e de Nossa Senhora.

Ao som de violinos e violoncelos, a toada, letra e música indicada para concorrer pela agremiação nesta segunda noite foi “Garantido Imortal”.

Durante a apresentação a figura típica regional apresentada foi “Erveiras da Amazônia”, sobre as ervas medicinais reservadas à cura das mais diversas doenças.

Um barco entrou na Arena com uma imagem gigantesca de Nossa Senhora de Nazaré, momento da aparição da porta-estandarte.

O Garantido ainda apresentou em seu ritual os feitos dos índios Mura, com nova aparição do pajé, onde invocou os espíritos da floresta para serem unificados aos guerreiros.

A agremiação terminou sua apresentação no tempo de duas horas e vinte e nove minutos, o que ocasionou uma leva corrida dos componentes ao final da apresentação.

As fotos que ilustram essa matéria são de Luiza Vieira, que diretamente de Parintins, onde está torcendo por seu Garantido, enviou o registro de grandes momentos do touro branco em sua primeira noite no bumbódromo amazônico.

por Sidnei Louro Jorge Júnior

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui