Em 19 de Julho de 1987, perdíamos CLEMENTINA DE JESUS

0
24

Revelada aos 63 anos, cantora e compositora deu voz à ancestralidade africana por meio de sambas imortais.

Neta de escravizados, nasceu no ano de 1901, na cidade de Valença/RJ. 
Mas, foi só aos 63 anos que ela ganhou os palcos e revolucionou o samba, após ter sido descoberta pelo produtor musical Hermínio Bello de Carvalho que ficou fascinado pela sambista e passou a prepará-la para o espetáculo Rosa de Ouro, show que a consagraria.

Rainha Quelé, como ficou conhecida, a diva Clementina de Jesus criou as filhas sozinha e trabalhou como empregada doméstica até o começo da vida artística. Negra, idosa e pobre, Quelé foi exemplo de força e luta para o povo brasileiro.

Em 1983, foi uma das homenageadas no enredo “A GRANDE CONSTELAÇÃO DAS ESTRELAS NEGRAS”, na Beija Flor de Nilópolis.

Enredo esse desenvolvido por Joãozinho Trinta sendo campeã com a escola.

Por Waldir Tavares
Fonte: Documentário Brasil de Fato
Fotos: A tribuna e Jornal do Brasil

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui