Eles ficam no Borel

0
156

Ainda se recuperando do 7º lugar, com um julgamento apontado como injusto por muitos sambistas e pela crítica especializada, a Unidos da Tijuca renovou o vínculo da escola com seu primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira para o Carnaval 2020. Alex Marcelino e Raphaela Caboclo vão para o segundo ano como defensores do pavilhão principal tijucano.

Foto: Ricardo Almeida

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui