Paulista, Bancária, torcedora da X9 Paulistana, Rita Medeiros Passos Dotta é hoje um dos Destaques de Luxo mais importantes da Carnaval Brasileiro.

Rita Medeiros, que sempre apreciou o carnaval, começou a desfilar em Escolas de Samba no ano de 1996, na  X9 Paulistana.

Comecei em ala, quando depois de uma separação, minha irmã que já desfilava, me convidou. Desfilando em ala fiquei por três anos, depois fui convidada a fazer parte do departamento feminino da mesma agremiação, onde permaneci por mais ou menos outros três anos.

Após o falecimento do Presidente Laurentino Borges Marques, José Manoel Gaspar assume a escola do bairro da Parada Inglesa e convida Rita Medeiros para fazer parte
da sua diretoria, como tesoureira da escola, cargo que ocupou até 2013. Neste período que ficou na X9, além de ala, também desfilou no departamento feminino e foi diretora de composição de carros.

No Carnaval de 2006, devido a escassez e necessidade de novos Destaques, Rita ingressou em nova trajetória, passando a desfilar como Semi Destaque em Alegorias.

Fantasia : Esplendor da Realeza Africana – X9 Paulistana 2013

Minha primeira fantasia foi desenhada pelo carnavalesco Raul Diniz que por sinal é maravilhoso. Vim como semi destaque. Nos anos seguinte com a ajuda e incentivo da destaque Janete Aere vim com figurinos maiores até chegar a ser destaque central de carro.”

Fantasia: Natureza Original – Escola: X9 Paulistana 2012

Com a mudança de diretoria na escola, em 2013, mesmo tendo a X9 Paulistana como sua escola de coração, Rita se afastou da agremiação, saindo com o término da gestão de Manoel Gaspar. “Com essa mudanças, além de outras questões, estava decidida a não mais desfilar. Curtia o carnaval só indo as quadras em ensaios e assistindo no sambódromo“.

Em 2014 através de um convite do também Destaque de luxo, Mauricio Pina, Rita voltaria a desfilar e em grande estilo, fazendo sua estreia na “Morada do Samba”, a Mocidade Alegre.

Mauricio, que hoje é meu grande amigo, me chamou para fazer parte do quadro de destaque da Mocidade Alegre, relutei mas acabei aceitando e vim no carro Abre Alas junto com ele. A escola foi Campeã, o que me motivou ainda mais em continuar. Fui muito bem recebida pelos os outro destaques, pela diretoria e pela Presidente Solange. Lá estou ate hoje.

Dragões da real 2015

No ano seguinte, em 2015, o figurinista Alex Fão, que na época integrava a equipe de carnaval da Dragões da Real, a convida para desfilar como Destaque na Tricolor. Convite aceito de imediato e já são cinco anos brilhando como Destaque Central do Abre Alas da escola, sendo ovacionada e querida por todos.

São Escolas que adoro muito, Mocidade AlegreDragões da Real. Onde fiz boas amizades em ambas. Tenho respeito pelos presidentes Tomate e Solange, carnavalescos e diretorias. Se eu tivesse que escolher entre uma ou outra seria muito dolorido, muito difícil por que eu amo as duas.”

Fantasia: Terpsicore a Divina Musa da Dança – Mocidade Alegre 2015

A Bancária, que possui rotina corrida devido a sua profissão, acompanha todo processo da criação a realização das Fantasias. Mas diferente da maioria dos Destaques, não consegue participar da confecção dos figurinos. Rita pondera que nesta arte de se transformar em personagens ilustres nos Desfile de Escola de Samba, requer gastos financeiros e passar por alguns contratempos inesperados. Porém, segundo ela, tudo pode ser superado quando se faz o que gosta e se coloca amor na proposta.

“Não participo efetivamente do processo de confecção das minhas fantasias por falta de tempo. Desde sempre quem confecciona minhas fantasias é meu grande amigo Fernando Magalhães, no atelier dele no Rio de Janeiro. Assim que eu recebo o figurino, já encaminho para o Fernando, e o mesmo é responsável por tudo. Desde tirar do papel até a compra de materiais. As ferragens são feitas pelo meu parceiro Carlão que tem uma empresa voltada para o carnaval e no final sai as lindezas que apresento no sambódromo do Anhembi. Nesse período todo que desfilo, cada ano parece que é o primeiro. Fico muito apreensiva, ansiosa, nervosa. Preocupada se tudo vai dar certo, se vai chover ou não.

Nós destaques temos um gasto enorme e desfilamos mesmo por amor. Eu, em particular fico muito triste quando a escola não volta no desfile das campeãs, pela escola e por mim também. Existem algumas dificuldades em relação a montagem das fantasias na concentração, antes do desfile. E se não fossem as pessoas que estão conosco nada seria possível. Por isso que dou muito valor aos meus apoios, Roberto, Erick e Erica. Também ao meu parceiro Carlão, sem eles seria muito difícil“.

Dragões da Real 2019

Rita é detentora do premio de melhor destaque de São Paulo em 2018, pelo desfile na Dragões da Real. Foi o reconhecimento ao seu empenho e ao trabalho impecável da confecção de Fernando Magalhães na criação do carnavalesco Dione Leite.

No vice campeonato da Dragões da Real em 2019 com o enredo “A invenção do tempo. Uma odisseia em 65 minutos”, o carnavalesco Mauro Quintaes criou para Rita um dos figurinos mais impressionantes do carnaval naquele ano. A fantasia vermelha branca, preta e dourada, teve movimentos de engrenagens, além de ser impactante nos detalhes.

Foto.Art. Marcelo Messina

Fiquei muito apreensiva antes do desfile, pois minha fantasia vinha com um relógio e engrenagens que movimentavam. Fiquei com medo que na hora falhasse e a escola fosse penalizada por isso. Mas no final tudo deu certo e minha escola veio belíssima”.

No meio dos Destaques de Luxo, a presença feminina é pequena em relação a quantidade de homens. Rita Medeiros, que hoje é um dos nomes mais importantes no meio, enxerga como é importante manter a relação entre os destaques e também acredita que as mulheres deveriam ser mais valorizadas.

Amo o Maurício Pina, acho super criativo e disposto a nos dar toques em relação às fantasias, é um amigão. Ai vão outros que admiro, Itamar Almeida , Fábio, Michelle, Ade, Christian, Rosângela, estes da mocidade. Trocamos ideias, vibramos com os figurinos um do outro, ou quando a fantasia fica pronta. Nos ajudamos em relação a materiais. Também o e o Alê que são meus amigões. Na Dragões tem a Érica, o Gilmar que também são ótimos. Aqui citei só alguns das escolas que desfilo, mas não esquecendo nunca os outros destaques. Fico feliz quando em oportunidades encontro a Ivete Pugliese, o Almir, entre outros. Tenho uma relação também muito forte com a Fernanda, o Will da Império de Casa Verde, amo demais”.

Fantasia: O Comando do Ataque de Riso- Dragões da Real
2020.

“Em relação as mulheres, não acho tão pouco destaques femininos. Temos aqui em São Paulo ótimas destaques, como a já citadas Ivete, Fernanda, além da Michelle, Claudia, Rosângela, Mariza, Angel, Selma, Simara que é belíssima entre outras. Só não são tão exaltadas quanto os destaques masculinos. Todos nós estamos de parabéns por engrandecer o carnaval com nossas belíssimas fantasias. E que todas as escolas, carnavalescos, tenham o máximo respeito conosco, assim como temos pelo nosso pavilhão”.

Apaixonada por sua contribuição no segmento que ainda resiste na tradição do Carnaval, Rita demonstra preocupação com a renovação, e acredita que assim como aconteceu com ela, a nova geração tem que acreditar que vale muito a pena, mesmo não sendo um processo como todo, fácil.

Para quem tem o sonho de desfilar como destaque, primeiro a pessoa tem que amar o carnaval. Depois tem que ter comprometimento, respeito e saber que não é nada fácil, principalmente em relação ao custo. Mas que vale muito a pena, vale sim. Depois que vemos tudo pronto, a junção da fantasia com o carro, isso tudo nos fazem felizes e orgulhosos”.

Rita com seu parceiro, amigo, marido e apoio  Carlos Roberto Schemid, o Carlão

O Carnaval também foi responsável por transformar a vida pessoal de Rita Medeiros. Em 2001, período em que esteve na X9 Paulistana, ela conheceu Carlos Roberto Schemid, o “Carlão”, seu fiel escudeiro e companheiro de vida por quase 20 anos.

Minha família não participa desfilando, mas assim como acontece comigo, eles gostam muito do Carnaval. Carlão me acompanha em tudo, sempre do meu lado. Me incentiva e sempre me apoia. Acho que ele gosta mais do carnaval que eu (Risos).”

Por Henrique Sathler e Waldir Tavares

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui