Carnaval do Rio de Janeiro e o de São Paulo frente ao combate à Covid-19 – realidade e perspectivas

0
359

 

Os dois principais carnavais brasileiros, quando se fala em desfile de escolas de samba, com destaque para a grandiosidade, luxo e animação das agremiações carnavalescas e seus componentes, encaram de uma forma muito diferente a pandemia pela qual estamos passando a nível de planeta.

Mangueira é vencedora do Carnaval do Rio de Janeiro - Bem Paraná

Na capital do carnaval brasileiro, com toda a sua tradição e com desfiles reconhecidos à nível mundial, sendo o carnaval uma importante porta de entrada de divisas para a cidade do Rio de Janeiro, a pandemia veio para paralisar quase que totalmente as atividades das agremiações carnavalescas, mesmo que aja uma possibilidade dos desfiles acontecerem no próximo mês de julho, dependendo da evolução da vacinação da população para que a festa aconteça de uma forma segura e responsável.

Análise da bateria da Vila Isabel no Carnaval 2020 - Carnavalesco

Não se tem notícias de ações concretas por parte da LIESA, liga que congrega as escolas de samba cariocas do grupo especial , a não ser a realização do sorteio que definiu o dia e a ordem de desfile das agremiações, nesse desfile futuro, que como já foi dito poderá ocorrer no próximo mês de julho, a depender da vacinação.

Ao que se sabe as atividades na Cidade do Samba, nos barracões das agremiações, estão praticamente paradas em compasso de maiores definições, sendo a verba para o próximo desfile uma das principais preocupações das agremiações.

Carnaval! Escolas de samba ainda têm fantasias para vender Jornal MEIA HORA - Que Isso Gordinho

Todas as escolas de samba do grupo especial carioca já divulgaram seus enredos para o próximo carnaval, não havendo porém nenhum samba enredo definido ainda, havendo algumas escolas com festival para escolha do samba em andamento e outros ainda na espera de maiores definições para essa grande festa.

Na associação que congrega as escolas de samba da série ouro carioca, que almejam uma vaga para desfilar no grupo especial no ano seguinte, a situação é praticamente a mesma, com o agravante de que muitas agremiações deste grupo tem sérias dificuldades de espaço para construírem seus desfiles, por falta de um espaço especialmente edificado para isso, com estrutura  e condições mínimas higiênico-sanitárias. Além de tudo isso essas escolas também não tem até o momento uma definição.

Por parte da LIESA não se tem notícias de apoio às agremiações do Rio de Janeiro no tocante a este momento de pandemia, protocolos sanitários, testagem de profissionais que constroem o carnaval, apoio para a realização de lives, dentre outras coisas.

Estácio de Sá sobe para o Grupo Especial do carnaval do Rio | Carnaval 2019 no Rio de Janeiro | G1

Na série ouro já existem agremiações com seu enredo divulgado para o desfile de 2021 e escolas inclusive com samba enredo definido para embalar seu próximo desfile na Marquês de Sapucaí. O planejamento do próximo desfile está sendo realizado na modalidade de home office através de reuniões virtuais entre os profissionais e dirigentes das agremiações carnavalescas.

Na capital paulista o cenário é diferente, numa demonstração clara de profissionalismo e organização dos dirigentes das agremiações que desfilam na passarela do Anhembi.

Carnaval de São Paulo tem início oficial com desfile das escolas de samba do Grupo Especial - radiobandnewsfm

Escolhidos os dias de desfile e ordem das apresentações de cada escola, no tocante às agremiações do grupo principal paulista, todas já tem enredo escolhido e apresentado, ou pelo menos ideia principal apresentada, estando quase que a integralidade das agremiações inclusive também com samba enredo escolhido e já na ponta da língua dos apaixonados por cada agremiação.

Desde o início da pandemia, passado o carnaval de 2020, as agremiações paulistas realizaram lives através de suas redes sociais, mostrando muita organização e obediência frente aos protocolos sanitários, mantendo seus torcedores sempre atualizados quanto aos preparativos de cada agremiação com relação ao seu próximo desfile, com anúncio dos enredos e escolha dos sambas de enredo.

Passarela do samba de São Paulo recebe sete escolas na segunda noite de desfiles | Agência Brasil

Passada a virada do ano, notícias são divulgadas na imprensa das medidas adotadas pelas agremiações para o início da preparação de seus próximos desfiles, inicialmente agendados para o próximo mês de julho, a exemplo do Rio de Janeiro, nas atividades a serem realizadas nos barracões das agremiações.

Diferentemente do Rio de Janeiro, na capital paulista a Liga-SP parece que resolveu ser a protagonista na tomada de medidas que garantam a obediência das regras sanitárias nos barracões, já que desde o início das atividades promove a realização de testes de antígeno que estão sendo aplicados nos profissionais que trabalham nos barracões, especialmente naqueles vindos de outras regiões do país, como Parintins (AM), por exemplo.

Bahia.Ba

Importante que se destaque que a perspectiva de desfiles no próximo mês de julho ainda não passa de uma possibilidade frente ao atual momento de pandemia, na dependência do processo de vacinação da população, para maior segurança das pessoas, mas é por demais importante destacar as ações das agremiações e seus representantes frente a este momento de incertezas, mas ao mesmo tempo com muita torcida para desfiles memoráveis no próximo carnaval deste ano.

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui