Campo Grande/MS – Lienca define a ordem no desfile das Escolas de Samba do Carnaval 2020

0
47

A tradição será mantida no desfile das Escolas de Samba de Campo Grande para 2020. A Escola de Samba Mirim Herdeiros do Samba fará a abertura do desfile na segunda-feira de Carnaval, dia 24 de fevereiro, sem disputar o campeonato.

Na sequência da primeira noite de desfile, já em disputa pelo título, o GRES-Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Aero Rancho é a primeira a desfilar. O GRES Unidos do Cruzeiro é a segunda, a terceira é o GRES Cinderela Tradição do José Abrão e o encerramento na primeira noite de desfile ficou para o GRES Unidos do São Francisco.

O GRES Igrejinha fará a abertura no dia 25, terça-feira. A segunda a desfilar será o GRES Unidos da Vila Carvalho, atual campeã de 2019. Em seguida desfilam o GRES Deixa Falar e o encerramento ficou para o GRES Os Catedráticos do Samba.

Esta é a definição resultante de sorteio realizado na noite desta quinta-feira, na quadra do GRES Os Catedráticos do Samba, na Vila Silvia Regina. Tanto na segunda, quanto na terça-feira, os desfiles acontecerão na Passarela do Samba, na Avenida Alfredo Scaff, ao lado da Praça do Papa, a partir das 19h.

Todos os presidentes das 9 afiliadas da Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande (Lienca CG) estiveram presentes: Maria de Fátima Oliveira Luz, da Herdeiros do Samba; Ale Mahmud Tlaes, da Unidos do São Francisco; Alberto Vieira de Matos, da Unidos do Aero Rancho; Alex Guedes, da Unidos do Cruzeiro; Diogo Miranda Correia, da Cinderela Tradição do José Abrão; Francis Fabian, da Deixa Falar; José Carlos, da Unidos da Vila Carvalho, e Marilene Pereira, da Os Catedráticos do Samba. Mariza Fontoura, da Igrejinha, foi representada pelo Cláudio.

Houve muita alegria e emoção na festa de realização do sorteio da ordem dos desfiles do Carnaval 2020. Primeiro a Bateria Águia Negra, de Os Catedráticos do Samba, fez abertura oficial do evento com apresentação especial, sob a regência do Mestre Eraldo.

Eles convidaram os ritmistas das co-irmãs presentes e uma grande bateria de Escola de Samba se formou e animou as demais apresentações. A atitude foi contagiante e motivou os intérpretes a cantarem juntos e assim foi também com as passistas e madrinhas de bateria em suas apresentações.

Outro momento de emoção, foi a introdução do pavilhão de cada escolas ao recinto do evento. Todos com a reverência dos integrantes da grande bateria e do público presente. “As escolas estão unidas e isto contagia seus integrantes, que esquecem disputa e se confraternizam num evento como este”, comentou o presidente da Lienca, Eduardo Neto.

“Temos que fazer do Carnaval oficial de Campo Grande, o melhor do Estado”, animou Alex Guedes, novo Presidente do Conselho Deliberativo da Lienca CG.m

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui